Pronunciamento de Bolsonaro após 3 mil mortes por Covid não condiz com a realidade; Veja as contradições

Sharon Stone deu tapa na cara de diretor por cena da “cruzada de pernas”
março 23, 2021
‘Há dois caminhos que podemos perseguir no Brasil neste momento: o da união nacional e o do caos nacional’, diz Pacheco.
março 24, 2021

Pronunciamento de Bolsonaro após 3 mil mortes por Covid não condiz com a realidade; Veja as contradições


(JBCNEWS – DF 24/03) – 0 Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um pronunciamento em cadeia nacional na noite desta terça-feira (24), mesmo dia em que o Brasil cruzou pela primeira vez a marca das 3.000 mortes registradas em 24 horas, para defender sua gestão no combate à pandemia do novo coronavírus, iniciada há pouco mais de um ano.

Com o aumento desenfreado no número de mortes no país, onde já morreram quase 300 mil pessoas (100 mil apenas de meados de janeiro até agora), Bolsonaro tem sido pressionado a modular seu discurso sobre a crise sanitária no país, cuja gravidade, além de uma montanha de mortos, afeta as perspectivas econômicas, sociais, políticas e de relações exteriores do país, cada vez mais isolado.

No pronunciamento, de quatro minutos, o presidente disse que seu governo é “incansável” no combate ao vírus —que por 12 meses ele minimizou— e se solidarizou com as famílias e amigos das quase 300 mil vítimas, após ter debochado do temor e do luto da população em diferentes ocasiões.

A reportagem checou como 11 afirmações de Bolsonaro no discurso desta terça se comparam com suas declarações passadas, suas ações e a realidade da pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *