Governador Rui Costa diz que baianos estão morrendo desesperados e faz apelo a Lira

Câmara pede ao STF prisão de Danilo Gentili após humorista falar no Twitter em socar deputados
março 3, 2021
PEC Emergencial vai direto ao plenário da Câmara, anuncia Lira
março 3, 2021

Governador Rui Costa diz que baianos estão morrendo desesperados e faz apelo a Lira

(JBCNEWS – DF 03/03) – O governador da Bahia, Rui Costa (PT), fez um apelo ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para que ele ajude na aprovação da possibilidade dos estados comprarem vacinas contra a Covid-19 e aplicarem o imunizante na população.

“Em nome do povo da Bahia que está desesperado atrás de um leito de UTI, por favor, aprove imediatamente a possibilidade dos estados comprarem e aplicarem a vacina. É disso que precisamos. Não preciso mais das brincadeiras do presidente, preciso de uma lei ou de uma autorização judicial que me autorize comprar a vacina pra salvar vidas humanas”, disse Costa em reunião com governadores e Lira nesta terça (2).

O governador afirma que há cerca de 300 pessoas na fila por um leito. “Tenho 300 pessoas aguardando regulação para leitos de UTI. Nós abrimos em 15 dias mais 300 leitos de UTI, que foram consumidos na integralidade”, seguiu.

“No dia de hoje, eu tenho 300 pessoas aqui passando mensagem ao governador pedindo desesperadamente. E, enquanto isso, absoluta insensibilidade, o presidente da República fazendo gracinha e mandando mensagens para a sua tropa de choque ficar atacando governadores e prefeitos”, continuou o governador.

Rui Costa também atacou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária): “A indignação nossa é tamanha, a revolta é tamanha. Essa falta de respeito do presidente e da Anvisa com o povo brasileiro e o povo baiano”.

“Não posso me calar com isso, assistir baianos morrendo desesperados. Filhos, avós, tios, pais, mães. Essa variante [do vírus] está contaminando todo o mundo. Não temos tempo a perder, me desculpe o desabafo”, seguiu.

O governador retomou as negociações com o fundo soberano russo que coordena o desenvolvimento da vacina Sputnik V sobre a possibilidade de vender o imunizante diretamente aos estados.

Na semana passada, o STF liberou estados e municípios para comprarem diretamente vacinas de laboratórios estrangeiros quando as doses ofertadas pelo Ministério da Saúde forem insuficientes para atender às suas populações.

Com a lentidão da vacinação no Brasil e o crescimento preocupante dos casos de Covid-19, Costa voltou então a conversar com os russos —com quem, no ano passado, chegou a firmar acordo para importar 50 milhões de doses, que seriam divididas com outros estados da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *